segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Fábio Coentrão eleito melhor futebolista do ano


O esquerdino Fábio Coentrão foi eleito melhor futebolista do ano do Benfica, vencendo o prémio a que concorriam todos os jogadores do plantel da época transacta.

«Quero agradecer a todos os que votaram em mim e também ao grupo de trabalho, pois sem ele este prémio não seria possível», disse Coentrão, que recebeu o galardão das mãos de Luís Filipe Vieira.

O lateral dirigiu-se ainda a Jorge Jesus, que momentos antes havia sido distinguido com o prémio de melhor treinador:

«Quero agradecer ao mister Jesus por toda a confiança que me tem dado».





Fonte: A Bola

Jorge Sousa no Benfica-Sporting

Jorge Sousa, da Associação de Futebol do Porto, é o árbitro nomeado para dirigir a meia-final da Taça da Liga entre Benfica e Sporting, agendada para quarta-feira, no Estádio da Luz.

O árbitro portuense estreia-se em jogos do Benfica na presente temporada. No que respeita ao Sporting, esteve no clássico com o FC Porto, da 12.ª jornada da Liga, em Alvalade, que terminou empatado a uma bola.

Jorge Sousa será assistido na Luz por José Luís Melo (AF Porto) e José Ramalho (AF Vila Real).





Fonte: A Bola

O momento

Coentrão reactivou o vulcão da Luz

Já se faziam contas ao prejuízo quando Fábio Coentrão disparou um míssil para o fundo das
malhas de Marcelo. E tudo aconteceu a cinco segundos do fim dos quatro minutos de descontos
dados pelo árbitro... Jara colocou a bola na área, Luciano Amaral desfez por instantes as
esperanças das águias com um corte atabalhoado de cabeça, mas Fábio Coentrão estava no
sítio certo para dar os três pontos à sua equipa, mantendo os encarnados na perseguição ao
líder, o FC Porto. O Estádio da Luz explodiu de alegria com o remate vitorioso de pé direito do
canhoto. Estava sentenciada a partida.

Fonte: O Jogo

Desafio - texto sobre Benfica

meu Benfica!



(28-02-11)

Nascemos para ter uma vida, e nessa vida eu já chorei, já sorri, gritei, gargalhei, fiquei afónica, aninhei-me, chateei-me, rezei, saltei e todos esses momentos aconteceram por algum motivo, e um desses motivos foste tu, meu Benfica!
Foste aquele que me acompanhou em todas as fases, sejam elas boas ou más. Estando triste ou contente, fazia-se soar, em todos aqueles recantos que tanto acreditavam em ti, o teu golo de vitória, a tua chama imensa. Senti e continuo-o a sentir este chão tremer em cada jogo teu, em cada concentração sobre ti, em cada pedaço de lugar que está escrito, mesmo ocultamente, com palavras grandes essa mesma palavra de sete letras que significa tanto para milhares de pessoas.
Tu, tens o poder de mandar no coração das pessoas. Já fizeste muita gente sorrir, chorar de emoção, gritar, deste-nos uma casa, deste sentido á vida das pessoas que te amam!
É uma coisa inexplicável essa tua beleza, essa tua imensidão, essa tua cor viva e sentida, toda essa imensidão de gente que te ama e que te quer. Olhar o teu estádio cheio, todas aquelas praças “cheias de ti” faz tremer corações, faz nascer lágrimas e sorrisos.
Amei-te desde o inicio e hoje, 16 anos depois, continuo com o mesmo sangue a fervilhar de emoção e com uma cor viva como a tua, continuo a amar-te cada vez mais por aquilo que te tornaste, por aquilo que sempre foste, e eu não tirarei “esta casaca” por nada! Não haverá trocas nem sequer indecisões.
Hoje, no meio de tantas outras vezes, voltas a estar de parabéns, voltas-te a conquistar mais um coração, mais uma alma que neste momento espera por ti com um sorriso largo e duradouro.
Não só eu, mas nós, acreditamos em ti e na tua força, foste tu que começas-te, sozinho, mas se um dia estiveres a acabar, será diferente pois não estarás sozinho, estará mais de metade do planeta ao teu lado te dando força para que sobrevivas!
És a força, a garra, a vitória a que todos nós damos valor. Obrigada por cada momento que passamos contigo e graças a ti!
Parabéns imensidão benfiquista, PARABENS BENFICA!

Ana Sousa*

Gala Benfica

A Gala Benfica começa pelas 19h30 e tem transmissão em directo na Benfica TV e também no site oficial do clube.

Parabéns ao BENFICA!


Hoje, como sabem, o Sport Lisboa e Benfica completa 107 anos, são muitos anos de existência deste grande clube.
O Benfica conquistou o mundo pela sua glória, pela sua mística, e nós temos orgulho em fazer parte desta grande família, é um orgulho ser do Benfica.
Já choramos, já gritamos, já saltamos, já rimos mas nunca desistimos do nosso enorme clube porque onde quer que vamos, onde quer que nos encontremos, o Benfica está-nos no sangue e no coração.
Já éramos do Benfica antes de nascer e nunca pensamos em mudar de clube porque é impossível mudar uma coisa que está entranhada em nós.
O Benfica pode perder mas nós estaremos sempre lá a apoiá-lo!
O que se sente no estádio é a verdadeira alma benfiquista, a mística e isso é um sentimento inexplicável, é muito amor, muita paixão.
Daqui a cem anos já não estaremos cá mas tenho a certeza que estará cá o Benfica com a mesma mística e com uns adeptos tão apaixonados como nós porque o Benfica não é apenas um clube mas sim uma nação!
Já conquistou o mundo!
PARABÉNS BENFICA


O Blog

Gala de aniversário é esta noite no Casino Estoril

O Benfica comemora hoje 107 anos de vida e logo à noite terá lugar a já tradicional Gala do clube no Casino Estoril. Um dos momentos altos da noite será seguramente a entrega dos galardões Cosme Damião, que são atribuídos, por meio de votação dos sócios no sítio oficial, às pessoas e projectos que mais se distinguiram durante o ano. Para o título de Melhor Futebolista do Ano estavam nomeados todos os jogadores do plantel campeão em 2009/10, enquanto Jorge Jesus "concorre" com André Lima e Henrique Vieira pelo título de Treinador do Ano. César Paulo, Sérgio Ramos e Telma Monteiro são candidatos a Atleta de Alta Competição do ano, enquanto a modalidade do ano será uma destas três: basquetebol, futsal e hóquei em patins.

As comemorações do aniversário dos encarnados começam mais cedo e, às 12h00, Luís Filipe Vieira irá deslocar-se ao cemitério dos Prazeres, em Lisboa, para depositar uma coroa de flores junto ao jazigo de Cosme Damião, uma das principais figuras da história do clube da Luz, pois foi fundador, jogador, técnico, dirigente, capitão e jornalista, sempre ao serviço do Sport Lisboa e Benfica.


Fonte: O Jogo

Capas de jornais 28/02/2011








Batido de novo o recorde de assistências

Os 54.991 espectadores que ontem estiveram no Estádio da Luz a assistir ao encontro com o Marítimo vão poder gabar-se de terem estado presentes no novo recorde de assistência da Liga portuguesa esta temporada.

A anterior marca também já pertencia ao Benfica, quando no passado dia 13 os encarnados receberam e venceram o Vitória de Guimarães. Nesse dia estiveram 54.927 adeptos no ninho da águia, número que registava assim a melhor marca do ano, em termos de assistência nos estádios portugueses, a contar para a competição doméstica.

Passaram precisamente duas semanas sobre esse jogo com a formação vimaranense, isto é, no jogo seguinte do Benfica em casa - para o campeonato - esse registo acabou por ser batido ontem por uma margem de mais 64 pessoas.

Diferença insignificante, mas neste particular campo dos registos contabilísticos, a frieza dos números não deixa margem para dúvidas. Ficaram a nove espectadores dos 55.000, uma cifra redonda que pode ser perfeitamente alcançada já no próximo desafio da turma de Jorge Jesus em casa, com o Portimonense.





Fonte: A Bola

Águias somam 17.ª vitória consecutiva


O Benfica somou este domingo na Luz a 17.ª vitória consecutiva na presente temporada.
Um registo que abarca todas as competições, desde a derrota, na Luz, diante do Schalke (1-2), ainda na fase de grupos da Liga dos Campeões.
As águias contam com 46 golos marcados nesta série e apenas 8 sofridos.
Fonte: Record

Titulares em recuperação


Os jogadores do Benfica já começaram a preparar o dérbi de quarta-feira. Os titulares frente ao Marítimo limitaram-se a fazer exercícios de recuperação.
De fora, por lesão, continuam Ruben Amorim (tratamento) e César Peixoto (trabalhou condicionado). Gaitán, que terminou a partida de ontem com queixas musculares, vai ser reavaliado amanhã.
As águias voltam ao trabalho terça-feira, às 17 horas, no centro de estágio do Seixal. Antes da sessão de trabalho Jorge Jesus vai fazer o lançamento da partida com os leões.
Fonte: Record

Fábio Coentrão "O que me deu mais gozo foi no Estádio do Dragão"


O lateral esquerdo das ‘águias’ falou esta manhã sobre o que sentiu na altura em que marcou o golo na Luz aos 94 minutos frente ao Marítimo, que significou a vitória benfiquista e a continuação do sonho do título.

"Marcar no último minuto e dar a vitória ao Benfica é uma sensação fantástica. Não só pelo meu golo, mas feliz pela equipa, porque já estávamos no minuto 94 e as coisas não estavam fáceis para nós. Todos sabem que não podemos perder pontos e depois, aos 94, marquei aquele e foi uma coisa espectacular", referiu Fábio Coentrão.

Questionado sobre a importância deste tento, o internacional português admitiu que lhe deu bastante “gozo”, mas apontou o golo marcado frente ao FC Porto, na primeira-mão da Taça de Portugal, como o mais significativo na sua carreira.

"Não digo que foi o que me deu mais gozo. O que me deu mais gozo foi no Estádio do Dragão, mas este golo vai marcar bastante, porque dei a vitória ao Benfica aos 94 minutos. Fico mais feliz por o Benfica ter ganho do que por ter marcado o golo", prosseguiu Fábio Coentrão.

Sobre a recepção ao clube de Alvalade na próxima quarta-feira, nas meias-finais da Taça da Liga, o atleta reconheceu o mau momento dos ‘leões’, mas aludiu para o facto de os jogos entre o Benfica e o Sporting serem sempre bastante complicados, sejam quais forem os momentos por que passam as equipas.

"Todos sabem que o Sporting é uma boa equipa, que não está a atravessar um momento bom. Mas os jogos Benfica-Sporting são sempre complicados e não podemos entrar para dentro de campo a pensar que o jogo já está ganho. Se formos assim, as coisas vão-se complicar. Temos de entrar em campo, trabalhar como temos feito para conseguir este objetivo, que é estar na final", finalizou o esquerdino.


Fonte: O Jogo

«Já estou num grande clube» - Fábio Coentrão

Fábio Coentrão, grande figura do Benfica no encontro com o Marítimo, recebeu esta manhã do Sindicado dos Jogadores o Prémio de Jogador Jovem do mês de Setembro. Em declarações à Imprensa, falou sobre o interesse dos grandes clubes europeus, entre os quais o Zenit, que na partida com os madeirenses esteve na Luz para observá-lo.

«Cada dia sai o nome de um clube, já são mais de 20... A minha cabeça está no Benfica. Quero ganhar títulos esta época. Depois, no final, se for bom para o clube e para mim, veremos o que acontece. Mas não penso nisso, porque já estou num grande clube», afirmou Coentrão.

Sobre o golo marcado no último segundo do jogo com o Marítimo, o lateral-esquerdo não podia revelar-se mais satisfeito: «Foi uma sensação muito boa marcar no último minuto. Todos viram que as coisas não estavam fáceis para nós, o Benfica não pode perder mais pontos, por isso marcar naquela altura foi espectacular, não só para mim mas para toda a equipa. Foi apenas mais um golo, talvez tenha sido o mais marcante desta época por ter sido mesmo no final. Estou contente por ter dado os três pontos ao Benfica

A terminar, Fábio Coentrão falou sobre o derby com o Sporting, marcado para quarta-feira, a contar para as meias-finais da Taça da Liga. «Toda a gente sabe que o Sporting é uma excelente equipa. Não está num bom momento, mas é sempre um adversário complicado. Esperamos estar ao nosso melhor nível, porque queremos estar na final», concluiu.





Fonte: A Bola

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Golo de Coentrão frente ao Marítimo ao cair do pano


B2-1M

Simão | Myspace Video

Prestação de Coentrão frente ao Marítimo 27/02/2011

Coentrão
Assistiu Salvio no empate, assinou a vitória do Benfica nos descontos e ainda evitou o quinto amarelo, apesar de Djalma lhe ter dado trabalho q.b.. Melhor era impossível.
Mais futebol


Fábio Coentrão 
O lateral esquerdo dos “encarnados” esteve incansável e foi, na segunda metade, uma “seta” apontada à baliza dos insulares. É dele a assistência para o golo de Salvio e marcou o tento que deu a vitória ao Benfica.
Sport Lisboa e Benfica

Fotos do Benfica - Marítimo 27/02/2011
















Fábio Coentrão garante vitória ao cair do pano

O Benfica sentiu muitos problemas para garantir a vitória, na Luz, este domingo, frente ao Marítimo (2-1). Fábio Coentrão foi a principal figura ao marcar o golo decisivo no período de compensações.

O Marítimo entrou na Luz com a missão bem estudada e impôs muitas dificuldades aos jogadores do Benfica. A equipa insular apresentou-se sólida na defesa e rápida no contra-ataque. Essa situação causou problemas à equipa encarnada, que também apresentou alguma fadiga.

Ainda assim, na primeira parte o Benfica teve uma clara oportunidade para marcar, com o argentino Gaitán a rematar ao poste. Depois, na etapa complementar, a pressão encarnada aumentou, mas o guarda-redes Marcelo, autor de uma boa exibição, foi evitando o pior.

O Marítimo, aos 77 minutos, acabou por chegar ao golo. Na sequência de um canto, Robson fez o desvio inicial e Djalma rematou com êxito. Cinco minutos depois surgiu a resposta do Benfica, com Fábio Coentrão, a principal «estrela» do jogo, a cruzar de primeira para o desvio, ao segundo poste de, Salvio, que prossegue a sua veia goleadora.

A intensidade e pressão foi aumentando, o tempo escasseando, mas no quinto minuto do período de compensações o Benfica chegou à vitória. Após vários ressaltos na área do Marítimo, Fábio Coentrão surgiu sem marcação e aplicou um forte remate, sem que Marcelo conseguisse evitar o pior.

Após este resultado, o Benfica permanece a oito pontos do líder, o FC Porto.



Equipas:


BENFICA: Roberto, Maxi Pereira, Jardel, Luisão, Fábio Coentrão, Javi Garcia (Carlos Martins 86'), Nicolás Gaitán (Alan Kardec 73'), Salvio, Pablo Aimar (Franco Jara 77'), Saviola, Óscar Cardozo.
Suplentes: Felipe Menezes, Franco Jara, Roderick Miranda, Alan Kardec, Carlos Martins, Airton, Moreira


MARITIMO: Marcelo, Ricardo Esteves, Robson, Roberge, Luciano Amaral, Roberto Souza, Rafael Miranda, Djalma (Kléber 85'), Danilo Dias (Heldon 62'), Sidnei (João Guilherme 87'), Baba
Suplentes: Kléber, Heldon, Alonso, Selim Benachour, João Guilherme, Edinho, Marafona.


Acção disciplinar: Cartão amarelo: Ricardo Esteves (41'), Rafael Miranda (47'), Roberge (64'), Roberto Souza (89')
Cartão vermelho: Robson (90')


Golos: Djalma (77'), Salvio (81'), Fábio Coentrão (90')




Fonte: A Bola

Zenit entra na corrida por Coentrão

O Zenit está interessado em Fábio Coentrão. O lateral-esquerdo, que já admitiu o agrado pela possível saída no final da época, está a ser seguido pelas principais equipas europeias e agora vê juntar-se à lista de pretendentes o emblema russo, que conta com três portugueses no seu plantel: Bruno Alves, Fernando Meira e Danny. Luciano Spaletti, que já era um grande admirador das qualidades de David Luiz, entretanto transferido para o Chelsea, ficou seduzido com as exibições do internacional luso, sobre o qual pode receber também boas indicações do trio português com que trabalha. A Imprensa transalpina deu ontem conta do interesse do conjunto que venceu o campeonato russo em 2010. O Zenit concorre com AC Milan, Juventus, Bayern de Munique, Manchester United, Chelsea, Liverpool, Real Madrid e Barcelona, entre outros.


Fonte: O Jogo

Sete jogos em 21 dias

Reclamam os treinadores que precisam de um mínimo de 72 horas para recuperar os seus comandados entre dois jogos, e é precisamente com essa cadência que os encarnados se vão deparar - uma vez mais - nos próximos tempos. Afinal, os campeões nacionais têm pela frente mais um complicado ciclo de sete jogos no espaço de apenas 21 dias, e estão três das competições em cima da mesa: campeonato, Taça da Liga e Liga Europa. O dito ciclo arranca já hoje na Luz, contra o Marítimo, e segue já na próxima quarta-feira com o Sporting, também na Catedral (Taça da Liga). Para 6 de Março está marcada a viagem a Braga (campeonato), e dia 10 será hora de receber o Paris Saint-Germain, que irá acolher os encarnados uma semana depois, com Portimonense (23ª jornada) pelo meio. Só a 20 de Março encerra a "correria", e logo com uma sempre complicada deslocação ao terreno do Paços de Ferreira (24ª jornada). Se, até agora, os campeões nacionais têm respondido aos momentos complicados de 2011 da melhor forma - sempre com vitórias, diga-se -, o desgaste físico acumulado poderá ser um inimigo poderoso nesta altura da época. Seja como for, Jorge Jesus já se manifestou pouco adepto de... pilotos automáticos.

Descanso tem sido pouco

Por esta altura, já se pode dizer que os encarnados estão habituados a jogar de três em três dias. É que, desde o último dia 2 de Janeiro, só houve lugar a dois períodos de "normal" descanso de uma semana entre dois jogos - e o ciclo infernal vai prolongar-se até 20 de Março. Só entre os jogos com Marítimo (Taça da Liga) e Leiria (15ª jornada) houve meia dúzia de dias de pausa, cenário que se repetiu entre as jornadas 18 e 19 do campeonato (Setúbal e Guimarães, respectivamente). Jesus tem gerido a situação, dizem os resultados que de forma muito positiva.

Fonte: O Jogo

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Desafio

Amas o Benfica? Tens algum idolo no Benfica? Então envia-nos um texto que descreva todo esse amor e este será publicado no blog fabio-coentrao-fans.blogspot.com
Está á espera de quê para descreveres em palavras o que sentes?
Envia os teus textos para catia.rodrigues423@gmail.com
 e para monica12893@hotmail.com

Benfica - Maritimo

Lista de Convocados:
Guarda-redes: Roberto e Moreira;
Defesas: Maxi Pereira, Luisão, Jardel, Roderick Miranda e Fábio Coentrão;
Médios: Airton, Javi García, Carlos Martins, Felipe Menezes, Pablo Aimar, Nicolás Gaitán e Eduardo Salvio;
Avançados: Óscar Cardozo, Javier Saviola, Nuno Gomes, Franco Jara e Alan Kardec.


O jogo contra o Maritimo está marcado para as 18h00 e tem transmissão em directo na SportTv

Quem vai parar o Benfica?

Se dúvidas existissem, as recentes exibições encarnadas – nomeadamente as realizadas no Dragão, em Alvalade e Estugarda – confirmaram aquilo que, nas semanas anteriores, já parecia evidente: o Benfica é a equipa que está a praticar o melhor futebol em Portugal. De um dia para o outro, quando a conjuntura nem era particularmente favorável, as águias acertaram o passo. Elevaram a fasquia do seu jogo, resolveram os problemas derivados dos deslizes defensivos e aumentaram a eficácia ofensiva. Basicamente... desataram a ganhar! E estão a consegui-lo, na maioria das vezes, adicionando qualidade suficiente para entusiasmar os mais exigentes.

Há mesmo quem, entre as hostes benfiquistas, faça questão de discutir se a equipa actual é mais forte que a da temporada passada. Trata-se de um exercício de análise complexo (como são todos os do género, porque é objectivamente impossível fazê-lo com total rigor), mas ao mesmo tempo interessante. Pessoalmente, confesso, não dediquei muito tempo ao assunto, mas do que li e ouvi nos últimos dias, creio que a constatação mais pertinente, mesmo sendo algo redutora, pertence a Jorge Jesus. Com um sorriso nos lábios, durante uma conferência de imprensa, o treinador mostrou-se tentado a dizer que a versão 2011/12 está mais forte, mas realçou que, a anterior, ganhou o Campeonato e a Taça da Liga e que, a do presente, ainda não venceu nada.

O Benfica está, de facto, a jogar muito bem. E perante isso, e tendo em conta a forma indiscutível como superou os principais rivais nos últimos dias, apetece perguntar quem, internamente, será capaz de o parar? Contudo, aquilo que é de momento um trajecto de nível (com vários recordes pelo meio), corre sérios riscos de ficar ofuscado pelo segundo lugar ocupado na Liga. E essa posição subalterna não é sequer um problema momentâneo. O Benfica, por melhor que jogue, mesmo que derrote em casa o FC Porto e acreditando até que vai vencer todos os jogos até ao final da prova (algo que me parece verdadeiramente improvável, pois não é normal, em lado nenhum, ver uma equipa triunfar em 20 jogos seguidos no respectivo campeonato), pode não conseguir sair do segundo posto. Aliás, esse será o desfecho mais normal, face ao significativo avanço que o conjunto de André Villas-Boas ostenta, reforçado com a mais que provável vantagem no confronto directo.

O FC Porto, é verdade, já esteve mais forte. Hulk parece ter perdido muito dos seus poderes e Falcão, por causa das mazelas, esteve muito tempo de fora. Contudo, em bom tempo, soube amealhar. E como é que o fez? Por competência própria e por culpa alheia. As águias somaram apenas 3 pontos nas quatro primeiras jornadas da Liga. Quando o Campeonato ainda estava a começar já tinham 9 pontos de atraso. Não fora essa entrada em falso (os erros arbitrais não podem ser desculpa para tudo) e o Benfica, nesta altura, mesmo que estivesse a 3-4 pontos de distância, talvez fosse o principal candidato ao título. Assim... não é! E o facto de, indiscutivelmente, exibir o melhor futebol nas últimas semanas não resolve o problema.

Não conseguindo ser campeão, o Benfica está obrigado a conquistar a Taça de Portugal e a Taça da Liga. E surge bem posicionado para o alcançar. Nestas competições só depende de si e, numa primeira fase, dos desempenhos em casa para carimbar a presença nas duas finais. Se o fizer, e sem desprimor algum para os adversários, sabe que será favorito, pois pela frente não terá FC Porto nem Sporting. Resta ainda a Europa. Tenho dúvidas que a equipa consiga aguentar tanta sequência de jogos sem pagar o preço de uma opção que não contempla muita rotação. Ainda assim, para já, vejo o Benfica muito capaz de eliminar os franceses do PSG. São os gauleses um conjunto fraco? Não! Mas, nem por sombras se aproximam do poder que as águias têm revelado nos últimos meses.

(...)



Escrito por Luis Avelãs


Fonte: Blogs Record

Revalidação do titulo é prioritária

Na balança de Jorge Jesus, o campeonato ainda pesa mais do que a Liga Europa. Apesar do sucesso na segunda prova mais importante da UEFA, que teve como último capítulo a histórica vitória em terras alemãs, o técnico mantém a revalidação do cetro nacional no topo das suas prioridades.
Ao que Record apurou, esta é a mensagem que Jesus tem passado aos jogadores, que atravessam uma fase de enorme confiança, certamente impulsionada pela série de triunfos consecutivos, que vai ficar nos anais.
O facto de a desvantagem para o FC Porto se cifrar em 8 pontos podia levar os jogadores a virarem agulhas para a Europa, mas, nesta altura, o técnico estabeleceu o campeonato nacional como a principal meta para esta temporada.
Fonte: Record

Alerta amarelo na defesa

O Benfica vai entrar amanhã em campo, frente ao Marítimo, com os seus quatro jogadores da defesa em risco de exclusão. Se Maxi Pereira, Luisão, Jardel e Fábio Coentrão virem cartão amarelo, terão de cumprir castigo frente ao Sporting de Braga na jornada seguinte, na capital minhota.

É um cenário pouco provável, mas imaginemos que o árbitro Vasco Santos admoestava amanhã, no Estádio da Luz, estes quatro defesas; Jorge Jesus ficaria em apuros. Dos habituais titulares no sector mais recuado, só Sidnei poderia - e poderá - jogar em Braga, dado que amanhã cumprirá castigo pela expulsão no dérbi com o Sporting.
A juntar a estes quatro jogadores, há ainda Salvio, extremo-direito, também à beira de exclusão. Ao todo, vão estar cinco jogadores em risco no encontro com o Marítimo, e todos serão titulares. Do quarteto defensivo - repetimos -, não escapa nem um.

Vamos agora por partes. Maxi Pereira é o único dos jogadores do Benfica a ter oito cartões amarelos - o último foi mostrado no recente dérbi com o Sporting, na tentativa de travar Djaló - e o terceiro da Liga ZON/Sagres mais admoestado, a seguir a Ney Santos (10), do Vitória de Setúbal, e a Alex (8), do Guimarães.

O lateral-direito já cumpriu castigo, pela quinta cartolina, no jogo da 11ª jornada, com a Naval, tendo então Rúben Amorim feito a sua posição à direita da defesa. A segunda série é mais apertada e dá castigo ao quarto cartão, sendo esse o motivo que o leva a estar também à beira da penalização. Com Rúben lesionado, não abundam alternativas: Luís Filipe (pouco utilizado) ou... Airton, uma adaptação.

Luisão é aquele que está há mais tempo em risco de exclusão, mantendo-se com quatro cartões amarelos desde 3 de Outubro do ano passado, dia do jogo com o Braga no Estádio da Luz (1-0). Portanto, há quase cinco meses. Depois disso, só viu mesmo o vermelho directo, no 0-5, com o FC Porto, no Dragão, na sequência da cotovelada que dá no queixo de Guarín, já os encarnados perdiam por 0-3. Se Vasco Santos admoestar amanhã o camisola 4 e capitão, o treinador benfiquista terá Jardel como alternativa, mas só se este não vir nenhum amarelo. Caso contrário, ficam os dois de castigo. Depois tem ainda Roderick como opção, além, claro, de Sidnei, mas este jogará no seu lugar habitual.

Finalmente, Fábio Coentrão. O esquerdino mantém-se desde o encontro com o Beira-Mar, da 12ª jornada, a 28 de Novembro, com quatro amarelos (ver caixa). Se amanhã for posto de castigo, Jesus terá César Peixoto para o substituir, mas é preciso que este recupere da lesão que o tem impedido de jogar.

Na lista de jogadores com cartões amarelos, mas sem estarem em risco, estão Javi Martins (6), Carlos Martins (6), Rúben Amorim (3), César Peixoto (3), Gaitán (2), Óscar Cardozo (2) e Aimar (2).


Fonte: O Jogo

Três expulsões no cadastro do explosivo Fábio Coentrão

Ainda recentemente Jorge Jesus falou sobre o assunto: a tendência que Fábio Coentrão tem para ser admoestado pelos árbitros dado o seu estilo de jogo impetuoso ou, digamos, mais rebelde. Para além dos quatro amarelos, citados no texto principal, o camisola 18 já foi expulso três vezes só esta temporada, sempre por duplo cartão amarelo, duas vezes no campeonato, com o Rio Ave e a Académica - limpou, de resto, os castigos em desafios da Taça da Liga - e uma na Taça de Portugal, frente ao FC Porto. O treinador disse, na ocasião, que anda a trabalhar com o jogador no sentido de corrigir a situação, justificando-a com a "alta rodagem e adrenalina" com que o esquerdino joga. As três expulsões aconteceram já depois de estar em risco por acumulação dos quatro amarelos.

Fonte: O Jogo

Capas de jornais 26/02/2011



sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Video - Coentrão quer ganhar ao FC Porto

Video - Coentrão: «Fizemos um excelente jogo»

Video - Coentrão: «Gosto de estar no Benfica»

Fábio Coentrão «Jogo frente ao FC Porto é para vencer»


Fábio Coentrão mostra-se confiante na hora de abordar os desafios que se seguem para o Benfica, concretamente ao nível do campeonato nacional. O atraso para o líder FC Porto é uma realidade que para o jogador pode ser mudada.


«Sabemos que temos 9 pontos de atraso para o Porto [são na realidade oito pontos, mas o FC Porto tem ainda a vantagem de ter ganho 5-0 às águias na primeira volta], mas também sabemos que ainda temos um jogo em casa e temos confiança em nós. Sabemos que esse é um jogo para vencer e quando chegar esse jogo tenho a certeza de que o vamos vencer.»

O jogador do Benfica rejeitou ainda entrar na polémica da troca de palavras entre a Luz e o Dragão:
«Temos é de trabalhar e vencer os nossos jogos», concluiu.


Fonte: Sapo Desporto

Capas de jornais 25/02/2011


Plantel deseja melhoras ao guardião do Estugarda

O central e vice-capitão encarnado, Luisão, enviou esta sexta-feira, "em nome toda de toda a equipa", um fax à direção do Estugarda para saber o estado de saúde do guarda-redes Marc Ziegler e desejar-lhe "o mais rápido restabelecimento".
"O grupo de trabalho encarnado deseja o rápido restabelecimento ao guardião da formação alemã, que saiu lesionado no decorrer da segunda parte do jogo da segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa", lê-se numa peça disponível no site oficial benfiquista.
Marc Ziegler sofreu uma concussão sem danos ao nível cervical, revelou a TAC efetuada ao guarda-redes do Estugarda, que saiu lesionado na segunda parte do encontro em que a equipa alemã foi derrotada (2-0) pelo Benfica, em jogo dos 16 avos-de-final da Liga Europa.
Ziegler teve que abandonar o relvado aos 52 minutos - entrando para o seu lugar Ulreich -, depois de embater de forma violenta com a cabeça, primeiro no joelho do argentino Gaitán e depois com o seu colega Delpierre.
O guardião do Estugarda ficou de imediato inanimado no relvado e recuperou os sentidos já com a intervenção do corpo médico do clube alemão e dos responsáveis clínicos do Benfica.
Os exames realizados no hospital revelaram que o guarda-redes sofreu uma concussão na cabeça, "sem danos ao nível cervical", embora ainda "não seja previsível o seu tempo de recuperação".
Fonte: Record

Plantel chega em silêncio

O Benfica chegou ao início da tarde desta sexta-feira a Lisboa depois da vitória de ontem na Alemanha diante do Estugarda que qualificou os encarnados para os oitavos-de-final da Liga Europa.
À espera do plantel no aeroporto da Portela estavam cerca de duas dezenas de adeptos que aplaudiram a equipa. Aimar, Luisão e Fábio Coentrão deram alguns autógrafos, mas a equipa saiu apressadamente e dirigiu-se ao autocarro que a aguardava, não tendo prestado qualquer declaração.
Fonte: Record

Fábio Coentrão: «Temos capacidade para chegar à final»

Eliminatória a eliminatória com os olhos sempre na final. Assim se pode resumir o pensamento de Fábio Coentrão após a vitória histórica conseguida em Estugarda. Na opinião do internacional português, o Benfica já demonstrou qualidade para ir até ao final da competição.
“Sabíamos que tínhamos de aguentar os primeiros 15 minutos e com o golo marcado ficámos mais tranquilos e confiantes. Vamos pensar jogo a jogo, mas temos capacidade para chegar à final, claro que sim. Mas, para já, há que pensar no jogo dos oitavos-de-final, que vai ser um duelo muito complicado”, sublinhou.
Avizinha-se novo duelo com o Sporting, desta feita para a Taça da Liga, mas o esquerdino tem as atenções centradas já no duelo de domingo. “O Marítimo é uma excelente equipa e temos de pensar primeiro nesse jogo e só depois no Sporting. Cansaço? Fisicamente estamos bem e penso que o demonstrámos aqui hoje (ontem)”, referiu.
Fonte: Record

Fotos Estugarda - Benfica LE 2010/2011











Prestação de Coentrão em Estugarda

Fábio Coentrão
Mais uma boa prestação do lateral-esquerdo português. Irrepreensível a defender (não perdeu nenhum lance) e desconcertante a atacar, foi um autêntico empecilho para a defensiva alemã.
Sport Lisboa e Benfica

Benfica quebra maldição na Alemanha

O Benfica venceu esta noite o Estugarda, na Alemanha, por 2-0, confirmando a passagem aos oitavos-de-final da Liga Europa, depois da vitória no Estádio da Luz, por 2-1, na primeira mão. Segue-se agora o Paris Saint-Germain no caminho dos encarnados.

Num jogo inteligente dos encarnados, e depois de duas oportunidades claras de golo, Salvio, à passagem da meia hora, aproveitou um ressalto no canto marcado por Aimar para, de meia distância, adiantar os encarnados no marcador.

Com uma vantagem confortável na eliminatória, o Benfica geriu da melhor forma o jogo, dominando em todos os capítulos e apresentando uma equipa solidária que raramente concedeu espaços e oportunidades ao Estugarda.

Aproveitando o adiantamento dos alemães, o Benfica criou mais uma mão cheia de oportunidades, quase todas em contra-ataque, mas acabaria por ser de livre que Cardozo, aos 78 minutos, deixou novamente a sua marca na Liga Europa.

Vitória justíssima do Benfica na Alemanha, a primeira da história dos encarnados naquele país. Agora, nos oitavos-de-final, o Benfica encontra o Paris Saint-Germain, que empatou a zero frente ao BATE Borisov no Parque dos Príncipes, depois do 2-2 na Bielorrússia.

Equipas: 

Estugarda
Ziegler (Ulreich, 52), Schipplock, Delpierre, Molinaro, Kuzmanovic, Trasch, Harnik, Hajnal (Élson, 80), Niedermeier, Boulahrouz (Gebhart, 61), Okazaki
Suplentes
Ulreich, Didavi, Funk, Bicakcic, Élson, Celozzi e Gebhart

Benfica
Roberto, Maxi, Luisão, Sidnei, Fábio Coentrão, Airton, Salvio, Gaitán, Aimar (Carlos Martins, 73), Jara (Kardec, 90+2) e Cardozo (Felipe Menezes, 89)
Suplentes
Júlio César, Roderick, Luís Filipe, Carlos Martins, Felipe Menezes, Nuno Gomes e Kardec

Golos: Salvio (30) e Cardozo (78)

Acção disciplinar: Cartão amarelo para Sidnei (44), Delpierre (46), Okazaki (87), C. Martins (81), Gebhart (81), Élson (90+1). Cartão vermelho para Kuzmanovic (90+7)


Fonte: A Bola

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Vasco Santos arbitra Benfica-Marítimo

O lisboeta João Capela vai arbitrar a visita do líder FC Porto ao Olhanense, na 21.ª jornada da Liga Zon Sagres, enquanto o portuense Vasco Santos estará na receção do Benfica ao Marítimo.
(...)
Jogos e árbitros da 21.ª jornada:
Sexta-feira, 25 fevereiro:
V. Guimarães-Académica, Hugo Pacheco (Porto)
Sábado, 26 fevereiro:
P. Ferreira-V. Setúbal, Jorge Sousa (Porto)
Olhanense-FC Porto, João Capela (Lisboa)
Domingo, 27 fevereiro:
Rio Ave-U. Leiria, Marco Ferreira (Madeira)
Beira-Mar-Portimonense, Cosme Machado (Braga)
Benfica-Marítimo, Vasco Santos (Porto)
Nacional-Sporting, Carlos Xistra (Castelo Branco)
Segunda-feira, 28 fevereiro:
Naval-Sp. Braga, João Ferreira (Setúbal).

Fonte: Record

Capas de jornais 23/02/2011






Parabéns Gaitan


Hoje o nosso querido jogador Nicolás Gaitán completa 23 anos.
Parabéns Nico! 

Convocados Estugarda - Benfica

Guarda-redes: Roberto, Júlio César, Moreira

Defesas: Maxi Pereira, Luisão, Jardel, Sidnei, Rodrick, Fábio Coentrão, Luís Filipe, Carole

Médios: Airton, Aimar, Gaitan, Salvio, Felipe Menezes, Carlos Martins,

Avançados: Kardec, Cardozo, Saviola, Jara e Nuno Gomes.


Fonte: Jornal de Noticias

Neve à chegada do Benfica à Alemanha


O Benfica já está em Estugarda, onde amanhã defronta a equipa local num encontro dos 16 avos-de-final da Liga Europa. A comitiva, com Jardel incluído nos eleitos e cerca de uma centena de adeptos, chegou ao princípio da tarde àquela cidade germânica, depois de um voo tranquilo de cerca de duas horas e meia.

À chegada, o staff encarnado deparou-se com um panorama climático distinto do que sentira nas primeiras horas da manhã, ainda em Lisboa. O sol mantém-se na linha do horizonte, mas a temperatura, bem inferior, a rondar os zero graus, e a neve pintam um quadro diferente.

Sem Javi Garcia, castigado, o técnico elegeu 22 elementos para uma batalha contra a história, uma vez que as águias nunca venceram em território germânico. A vantagem mínima da primeira mão (2-1) não obriga os encarnados a semelhante tarefa. Todavia, conhece-se que os riscos de jogar com o pensamento no empate são elevados e qualquer golo alemão deitaria tudo a perder.

Por outro lado, Jorge Jesus recebeu o ok do departamento clínico para integrar Jardel, que se lesionara em Alvalade. O jogador fora suturado com nove pontos na cabeça e a dúvida centrava-se sobre se estaria em condições de suportar os condicionalismos de um voo superior a duas horas.

Hoje, o plantel realiza a adaptação ao relvado da VFP Arena pelas 17.30 horas. Antes, o treinador e um jogador lançam um olhar sobre a eliminatória. O confronto de amanhã está agendado para as 20.05 horas e terá transmissão na SIC.


Fonte: Jornal de Noticias

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011