domingo, 20 de março de 2011

Faltam 4 pontos para a Champions

Depois do empate de ontem do Sporting, a dupla importância de vencer em Paços. Orgulho também vai estar em causa.

A matemática diz que o título ainda é possível mas ninguém na Luz (dirigente, técnico ou jogador) acredita nesse cenário, mesmo que a realidade não seja assumida publicamente - no final do recente jogo da Liga Europa com o PSG, por exemplo, Jorge Jesus ainda admitiu ter «mínimas esperanças» na reconquista do campeonato que ganhou em 2009/10, na sua estreia a treinar um grande do futebol português.

Praticamente gorada a hipótese de ultrapassar o FC Porto, os encarnados tentam assegurar o objectivo mínimo o mais rapidamente possível: garantir o segundo lugar que permite a presença nas duas pré-eliminatórias de acesso à Liga dos Campeões. Para tal, bastam quatro pontos, mercê do empate (0-0) de ontem do Sporting (terceiro classificado) frente ao UD Leiria, em Alvalade.

Recorde-se que os leões entraram na 24.ª jornada a 15 pontos de distância do eterno rival.

A importância de Paços

Isto significa que basta uma vitória e um empate. Do mal o menos, pensará Jorge Jesus: sem (praticamente) poder sagrar-se campeão, o objectivo mínimo está a pouca distância e poderá permitir descanso aos jogadores mais utilizados nas próximas semanas, para uma gestão mais cuidada na Liga Europa, prova na qual jogadores e equipa técnica pretendem vencer.

Para isso urge vencer o Paços de Ferreira, amanhã, na capital do móvel, e, no mínimo, empatar com o FC Porto, na jornada seguinte, no Estádio da Luz. Esta conjugação de resultados não só permitirá aceder directamente à Champions (via pré-eliminatórias) como impedir que os dragões se sagrem campeões no Estádio da Luz (partindo do pressuposto que os homens de André Villas Boas ganham hoje à Académica).





Fonte: A Bola

2 comentários:

  1. O 2ºlugar já e nosso! E mai nada! :D

    ResponderEliminar
  2. E ainda ha duvidas que o scp nao nos apanha? E obvio que nao!

    ResponderEliminar